.

Lilypie - Personal pictureLilypie Kids Birthday tickers


Lilypie - Personal picture

lb2f.lilypie.com/TikiBlogger.php/8AuU

Dilemas de uma mãe sem manual!

Lilypie Pregnancy tickers





segunda-feira

Sobre o filme Nosso Lar!

Oi pessoal,

  Semana passada assisti o filme Nosso Lar que está em cartaz em todos os cinemas do Brasil. Então! Eu sou de família católica e minha religião é essa, só que esses assuntos espirituais mexem muito com meus questionamentos sobre a vida, aí sempre que têm qualquer coisa relacionada ao lado de lá eu gosto de saber todos os detalhe, afinal de contas não é nossa vida eterna? Nada melhor do que conhecer a casa antes de morar lá, né? 
   Pra começar estava em ótima companhia das amigas maluquetes da pós, então rimos à bessa, o que já valeu o filme! O som da sala de cinema não estava lá grandes coisas não (tb nosso ingresso saiu num preço promocional de 2 reais!!!!) vai querer o que né?
   Quanto ao filme meus questionamentos contionuaram e eu, fui achando que 60% deles seriam esclarecidos. Ledo engano..... Achei o filme meio parado porque teve alguns momentos que me deu sono, mesmo na companhia de Ana Flávia, o que ás vezes parece impossível!
   Achei o céu meio hitech. Todo cheio de notebook e tudo!!! Sei lá, acho que se eu fosse estudiosa da doutrina iria entender o propósito disso tudo ou sou meio burrinha mesmo! Assistam e comentem!!! 
   Beijos e fiquem com Deus, Lê


  

2 comentários:

Maira disse...

Eu fui assistir no domingo, tb. sou católica, embora discorde de muiiitas coisas, mas não vem ao caso e acredito e gosto muiiiiito na doutrina espírita, eu gostei bastante do filme, da uma passadinha lá no blog ontem postei exatamente sobre o filme.
Beijos

Joral disse...

Na verdade, os computadores foram uma coisa que não tem na obra do Chico, mas a cidade ao que parece é assim mesmo como está no filme. Sim apesar de também achar que podia ter mais ação no filme, foi sem dúvida um marco no cinema brasileiro. Você devia ler o original, teria uma idéia melhor da coisa. Até o Chico duvidou do que estava escrito depois de psicografar a obra e só publicou depois de uma "bronca" de Emmanuel que disse que podia acreditar em tudo que Andre Luiz tinha escrito através dele

comenta


Orkut