.

Lilypie - Personal pictureLilypie Kids Birthday tickers


Lilypie - Personal picture

lb2f.lilypie.com/TikiBlogger.php/8AuU

Dilemas de uma mãe sem manual!

Lilypie Pregnancy tickers





quarta-feira

Porque tanta culpa?

Já tinha ouvido falar que ser mãe é sentir culpa para o resto da vida pr qualquer coisa. . .J.a a culpa da mãe de dois filhos acho que é a pior!
Não posso reclamar nem um minuto sequer do meu Luquinhas que viu sua vidinha mudar de uma hora pra outra com a chegada do irmãozinho e parece que com isso, se tornou até um garotinho melhor do que era.
Ele tem se mostrado super interessado no bem estar do irmão, mega carinhoso, super meu companheiro e muitas ouras cositas mas.
O único problema é que passo praticamente o dia inteirp pedindo pra ele não gritar porque o irmão tá dormindo ou tentando dormir. Até eu me acho chata em alguns momentos de tanto repetir: fala mais baixo, filho!
Hoje tô com uma insônia danada por conta de uma discussão que tive com o Lucas, que depois de me ver quase uma hora tentando fazer o Davi dormir, acordou ele com grito, isso porque já era quase meia noite e eu tava morta de cansada.
Briguei com ele (verbalmente, claro!), disse um monte de coisas que não queria ter dito e ainda o coloquei pra dormir brigado comigo, coisa que nunca fiz. (aqui em casa, gosto de ir dormir depois de resolver qualquer problema de relacionamento).
Antes de ir dormir ele falou comigo: mãe, eu tô muito triste com você. . .De verdade! Eu sou criança mais fico triste igual os adultos, sabia?
Quase morri de culpa, gente! Me vejo falando toda melosinha com Davisinho e, com o Lucas que merece todo o meu respeito pelo príncipe que ele tem sido, eu fico brigando. Isso não pode se repetir!

2 comentários:

Meire disse...

Ah, num se sinta culpada não... tanto ele está estreiando nessa nova vidinha de irmão, como vc como mãe de 2 filho em idades muito diferentes...
Vc é uma super mãe!!!
Bjo

Andrea disse...

me sinto culpada constantemente com relação as minhas duas filhas! quando estou com uma, a outra precisa de mim, quando estou com outra, a outra precisa de mim. já até escrevi sobre isso no blog. é difícil mesmo! te entendo. Mas as vezes penso: quando eu era criança qualquer chateação com meus pais era apenas uma chateação, ciumes, etc. não passava disso. Não pensava no quanto minha mãe podia sofrer de culpa. vai ver que nossos filhos pensam assim também.
bjs

comenta


Orkut